image 64 image 65 image 66 image 67 image 68 image 69 image 70 image 71 image 72 image 73 image 74 image 75 image 76 image 77 image 78 image 79
dnr nat

A Engenharia Natural é uma disciplina que combina os princípios da engenharia hidráulica e de solos, com conceitos biológicos e ecológicos, para construir estruturas que irão assegurar o estabelecimento de comunidades fitossociológicas, as quais, de uma forma natural, irão contribuir para solucionar problemas de controlo de erosão, estabilização de solos, taludes e margens fluviais, bem com o restauro ecológico e requalificação paisagística, através da combinação de materiais construtivos vivos e inertes, nomeadamente:

Barragem correção torrencial;
Biorolo;
Deflector vivo;
Enrocamento vivo;
Entrançado vivo;
Estacaria viva;
Esteira viva;
Faixas de vegetação;
Faxina viva;
Gabião cilíndrico;
Gabião vivo;
Geocélulas;
Geomalha tridimensional;
Grade viva;
Hidrosementeira;
Mantas Orgânicas;
Muro Suporte Vivo;
Paliçada viva;
Regenador dunar.

Permite a aplicação tanto em margens fluviais como em taludes, com o objetivo de proteger o solo contra a erosão, criando ao mesmo tempo um substrato ideal para a germinação da vegetação, desenvolvendo formas de restringir o movimento das partículas de solo, ao mesmo tempo eliminando grande parte do impacto causado pela queda das gotas de chuva.

Apresentamos as diferentes áreas de intervenção onde podem ser aplicados os projetos de engenharia natural:
Vias de comunicação, Linhas de água, Condutas enterradas, Áreas ardidas, Muros de suporte ecológicos, Aterros sanitários, Áreas urbanas, Controlo de Sedimentação, Sistemas dunares, Taludes, Lagos e Outros reservatórios, Áreas extrativas.