image 44 image 45 image 46 image 47 image 48 image 49 image 50 image 51
dnr l

A versatilidade desta solução é de facto enorme tendo-se revelado a sua aplicação muito vantajosa na execução de muros de suporte de terras, mas também na execução de depósitos de inertes, de muros divisória para vedação de terrenos, na construção de silos para silagem e mesmo de fossas para vacarias, entre outras aplicações.

Este sistema é composto por peças em betão armado em forma de “L” (sapata incorporada até 4,50 m de altura), “LC” (sapata e contraforte incorporados até 4,50 m de altura) e “I” (sapata a betonar “in situ” podendo atingir um máximo de 12,00m de altura). A largura standard dos elementos pré-fabricados, é variável, podendo ser de 1,50m a 2,40m, consoante o fornecedor, no entanto em muros de maior altura constituído unicamente por painéis do tipo “I” essa largura poderá ser aumentada para 2,50m apresentado o painel, neste caso, dois contrafortes (π).

Num mesmo muro, sendo este de altura variável, de forma a obter uma maior otimização poderá recorrer-se ao uso dos três tipos de peças (L, LC e I).

A sua utilização apresenta vantagens substanciais face a outras soluções, das quais se destaca:
A adaptabilidade às necessidades de obra quer em alturas (até 12,00m), condições de utilização, sobrecargas, entre outras;
Acabamentos perfeitos sem necessidade de trabalhos complementares;
Rapidez de execução e de entrada em serviço, logo redução de custos;
Melhoria das condições de trabalho e de segurança em obra face à rapidez e simplicidade dos processos de montagem;
Maior durabilidade face ao controlo de qualidade associado à sua produção;

O processo de aplicação em obra dos elementos pré-fabricados em betão do tipo “L”, “LC” e “I”, consiste essencialmente nas seguintes etapas:
Acertos de cotas, nivelamento e compactação do terreno;
Preparação da base de assentamento normalmente em Betão (de Limpeza);
Assentamento das peças com recurso a Auto-Grua (rendimentos diários muito elevados, mas variáveis de acordo com a tipologia de peças e as suas alturas);
Execução do sistema de drenagem definido e dos aterros.

Nos muros tipo “I” acresce:
- Colocação do aço da armadura para as Sapatas;
- Betonagem das Sapatas “in situ”.